Alunos da Prefeitura vão se apresentar na Espanha

Uma comitiva de 61 alunos e seis professores da Prefeitura do Rio carimbou o passaporte e já embarcou no voo noturno, neste sábado, dia 25/5, que os levará para a Espanha. O grupo faz parte da Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca (OSJC), um dos braços do programa Orquestra nas Escolas, uma ação inovadora da Secretaria Municipal de Educação criado em 2017 que está mudando a vida de jovens e adolescentes de todas as regiões da cidade. O circuito irá percorrer as cidades de Valência e Madrid, de 26 de maio e 2 de junho, proporcionando a estudantes músicos da rede municipal de Ensino uma experiência única, com apresentações que irão homenagear a cultura brasileira e seus costumes, dos ritmos clássicos aos populares.

A secretária municipal de Educação, a professora Talma Romero Suane, foi ao aeroporto se despedir dos alunos e desejou boa sorte ao longo da jornada na Europa. “Esse é um trabalho de excelência conquistado com muito suor, por diversos braços mãos e faz parte de uma gestão que busca valorizar o aluno e mostrar aos jovens que a Educação transforma vidas. Eles vão ter contato com outros costumes e perceber que podem transformar a si mesmos e também o nosso país”, disse a secretária após entregar aos estudantes uma almofada de cabeça para um voo mais tranquilo.

Villa-Lobos, Camargo Guarnieri, Alberto Nepomuceno e Lorenzo Fernandez são alguns nomes homenageados pelo repertório do concerto “Música Brasileira – Rumo à Espanha”. O violonista Wilantony Sousa Lira, de 13 anos, estuda no 8º ano da Escola Municipal Alcídes Gaspari, não imaginava que um dia iria conhecer a Espanha.

“Eu nunca andei de avião antes e vai ser um sonho já começando por isso. Saber também que a música me levou tão longe me emociona muito. Ninguém sabe aonde se pode chegar se não tentar.”

Esta primeira viagem internacional da Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca também servirá como um intercâmbio cultural. Durante as apresentações, haverá jovens estudantes e músicos espanhóis que subirão ao palco com os jovens talentos brasileiros para tocarem em conjunto algumas obras.

A vendedora Rosângela Bastos se emocionou ao entregar o filho, o jovem Pedro Bastos de Almeida, de 13 anos. A mãe do violinista, aluno do 8º ano da Escola Municipal Bolívar, em Engenho de Dentro, está tão eufórica quanto ele com a turnê espanhola da OSJC.

“É notável que o meu filho está melhorando dia a dia com a Orquestra. Está se tornando um rapaz maravilhoso. Essa é uma oportunidade única e para nós, pais e mães que torcemos diariamente, é muito bonito ver que a Prefeitura está proporcionando essa viagem que vai render muitos frutos.”

Já Caroline Lorraine e Karyne Rodrigues, que estudam no 8º ano das escolas municipais Coelho Neto e Leônidas Sobrinho Porto, em Ricardo de Albuquerque e Bangu, selaram a amizade por causa da paixão compartilhada pela música clássica.

“Minha família nem imaginava que isso iria acontecer comigo. Eu comecei a tocar na igreja e me interessei pelo projeto, descobri novos compositores e hoje estou indo para a Europa mostrar um pouco da cultura brasileira e arranhar no espanhol”, comemora a violinista Caroline.

O maestro Anderson Alves, que vai reger o grupo em todas as apresentações na Espanha, embarcou certo de que voltará com jovens músicos ainda mais maduros e prontos para novos desafios. “Existe uma expectativa muito boa de público e crítica musical, já que vamos levar um bom repertório brasileiro na bagagem, com grandes compositores e alunos que são empenhados em aprender todos os dias”.

No palco, a formação estará assim dividida – 1º violino (13 músicos); 2º violino (12 músicos); Viola (4 músicos); Cello (4 músicos); Contrabaixo (3 músicos); Flauta I (2 músicos); Flauta II (2 músicos); Clarineta I (1 músico); Clarineta II (1 músico); I Trompete (2 músicos); II Trompete (4 músicos); III Trompete (3 músicos); I Trombone (2 músicos); II Trombone (1 músico); Trombone baixo (1 músico); Percussão, tímpanos, bateria, pratos, bells, triângulo (7 músicos).

Repertório

Anderson Alves (1986) – Abertura Festiva No.1 (estreia mundial)

Camargo Guarnieri (1907-1993) – Suíte Vila Rica (excertos)
Maestoso

Andantino

Saudoso

Baião

Alberto Nepomuceno (1864-1920) – Batuque da “Série Brasileira”

H. Villa-Lobos (1887-1959) – Samba Clássico (orquestração: Anderson Alves)

David Eres Brum – Novo Atlântico Concerto para 2 violões e Orquestra (estreia mundial)

Lorenzo Fernandez (1897-1948) – “Reisado do Pastoreiro” Batuque Maestro Duda (1935) – Temas Nordestinos

Luiz Gonzaga – Xote das Meninas, para quarteto vocal e orquestra (Arr: Anderson Alves)

Desconhecido – Mulher Rendeira, para quarteto vocal e orquestra (Arr: Anderson Alves)

Maestro Duda (1935) – Suíte Nordestina

Programação na Espanha – concertos abertos ao público

26/5 – Chegada às 10h30 em Madri e ida para Valência.

27/5 – Valência. Programação de intercâmbio cultural com o Instituto para el Desarrollo Musical (IDM), dirigido pelo premiado maestro espanhol David Eres Brun, responsável pelo convite da viagem à OSJC. Ensaios no Auditorio de Quartell das 9h às 14h. Visita ao centro histórico de Valência das 15h às 19h.

28/5 – Apresentação no Auditorio Joaquín Rodrigo de Sagunto 9h às 12h. Concerto no Auditorio de Quartell, às 17h.

30/5 – Viagem à Madri saída às 8h. Audição do coro de crianças do Centro Cultural Federico Moreno Torroba das 17h30 às 18h30.

31/5 – Apresentação em Fuenlabrada no Centro Educativo Secundariano de Fuenlabrada das 9h às 11h30. Apresentação no Colégio República de Brasil das 13h30 às 15h30.

1/6 – Concerto a convite da Prefeitura de Madri, no auditório municipal, às 12h. Concerto no Centro Cultural José Saramago de Leganés – passagem de som às 18h e apresentação às 19h30.

2/6 – Passeio cultural em Madri das 9h às 15h. Concerto no Convento dos Capuchinos às 19h.

3/6 – Viagem de retorno às 10h.

Sobre a Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca

Desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, o Programa Orquestra nas Escolas nasceu em 2017 com o objetivo de ampliar o conhecimento na Rede Municipal de Ensino através de educação musical. Assim, nasceu a Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca, que é uma ação de integração e fortalecimento do ensino da música.

A OSJC começou em 8 escolas, com a participação de 824 alunos. Hoje, atua em 52 escolas municipais, com 10.500 alunos. A meta é chegar ao fim do ano com 20 mil participantes. O grupo tem ensaios e aulas toda semana e já se apresentou em vários locais no Rio de Janeiro, como Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Teatro Vivo Rio, Teatro NET Rio, Parque Madureira, Câmara Municipal do Rio, Prefeitura do Rio, Museu Histórico da Cidade, Jardim Botânico, Corcovado, entre outros. Em setembro de 2018 a OSJC completou um ano com grande show no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, que teve participação da cantora Elba Ramalho. Em abril deste ano, a orquestra se apresentou com Moraes Moreira na Cidade das Artes, na Barra, espaço onde o grupo ensaia regularmente.