Aprovada política de remoção de servidores da educação

A remoção de servidores na área da educação passará a ter critérios mais justos e será realizada anualmente. Assim determina a Lei n° 6298/2017, já em vigor e de autoria do vereador Prof. Célio Lupparelli (DEM), que estabelece direito à remoção para todos os servidores profissionais de educação que atuem em unidades escolares.

O processo de remoção ocorrerá anualmente no mês de setembro, antes do ingresso de novos ocupantes dos cargos, e a participação ocorrerá a pedido do próprio servidor. Será utilizado como critério de classificação o tempo de efetivo exercício apurado pela quantidade de dias. Em caso de empate, terá prioridade o servidor com maior idade.

“Desse modo, garantimos não somente a perenidade do processo de remoção corrente, como oferecemos método justo e condizente com as necessidades e o equilíbrio das relações entre os servidores profissionais de Educação da Rede, provendo aquilo necessário ao conforto e o estímulo a uma produção e prestação do serviço público cada vez melhor, sem ferir os cuidados necessários à manutenção da supremacia e da indisponibilidade do interesse público”, afirmou o parlamentar.

1 Comment

Add a Comment
  1. E porque os apoios não recebem esse vale? Eu AE II não recebo, a lei diz que os apoios têm direito.

Deixe um comentário!

Copyright © Agentes Educadores - RJ. Todos os direitos reservados. Frontier Theme
Assign a menu in the Left Menu options.
Assign a menu in the Right Menu options.
%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas