Ministro da Saúde diz que Rio de Janeiro vai concentrar maior número de casos de Coronavírus

O Ministro da Sáude, Henrique Mandetta, disse no evento de tomógrafos no Rio de Janeiro que a cidade pode ser o que deve concentrar o maior número de casos de coronavírus no Brasil. A razão seriam as condições geográficas e sociais do Rio que exigem mais atenção das autoridades. É o que informa O Globo.

Entre as peculiridades do Rio, Mandetta cita, o fato de ser uma cidade turística, os aglomerados nas ruas e no transporte público se apresentam como outros facilitadores da transmissão de coronavírus.

Aqui você tem uma cidade muito estreita. Você tem o mar aqui, montanha aqui. A proximidade das pessoas no Rio de Janeiro é quase que constante o dia inteiro. Transporte público lotado, metrô funcionando, ônibus funcionando, cidade funcionando. E cidades que recebem muitos turistas, como o Rio, tendem a apresentar mais casos — afirmou.

Mandetta também disse ter total ciência do Plano de Contingência elaborado pela secretaria Estadual de Saúde. Ele deixou claro que o Ministério da Saúde está em contato com os municípios, dando todas as diretrizes para o enfrentamento da doença.

Entretanto, até o momento o município não apresentou medidas de enfrentamento da pandemia de Coronavírus. Ao Globo Marcelo Crivella (Republicanos), que estava no evento, disse apenas que colocará postos de saúde como no réveillon para quem passar mal na manifestação pró-Bolsonaro de 15 de março na Atlântica.